Como o Stress Afeta o seu Sono

Não é nenhuma novidade que o stress afeta a nossa vida de várias formas. Vários estudos têm demonstrado que o mesmo, sendo crônico, tem um efeito negativo no sistema imunológico, o que pode levar a várias doenças. Pior ainda quando essa condição afeta o sono: fica deitado na cama, preocupado e ansioso, o que torna quase impossível relaxar e aquietar a sua mente o suficiente para adormecer.  

Infelizmente, este ciclo tende a piorar. Se não dormir o suficiente à noite, o seu corpo aumenta os níveis de hormônios do stress. As substâncias químicas cerebrais, ligadas ao sono profundo, são as mesmas que dizem ao corpo para interromper a produção dos hormônios do stress. Como resultado, quando não dorme bem, o seu corpo continua a libertar esses hormônios. 

Mais desvantagens para o stress? Pessoas com níveis elevados e prolongados de stress têm maior risco de doenças cardíacas, depressão, pressão alta, sistema imunológico enfraquecido, problemas estomacais e muito mais. 

É por isso que é tão importante, se estiver a sentir-se muito tenso, tentar diferentes métodos de alívio do stress, e fazer com que dormir o suficiente seja uma grande prioridade. A boa notícia é que existem muitas estratégias simples que pode experimentar esta noite!

Auto-consciência 

Pouco antes de se deitar, experimente uma estratégia de relaxamento que incorpore atenção plena, como ioga, respiração profunda ou meditação, todas aumentam o tempo e a qualidade do sono.

 

Não utilize dispositivos

A luz azul emitida por dispositivos digitais, incluindo TVs, telemóveis, portáteis e tablets, pode atrapalhar o relógio interno do seu corpo, portanto, evite-os antes de dormir. Encontrar uma forma de relaxar sem tecnologia, pode ajudar a aliviar o stress.

 

Beba chá de camomila. Esta erva pode ajudar a diminuir a ansiedade, facilitando o adormecer.

 

Tome um duche quente

Um duche de imersão antes de dormir é relaxante. Além disso, passar da água morna para um quarto mais fresco fará com que a temperatura do seu corpo caía, ficando a sentir-se sonolento.

 

Faça algum exercício para as pernas

Embora os exercícios antes de dormir às vezes possam mantê-lo acordado, é improvável que exercícios suaves para as pernas afetem negativamente o seu sono. Movimentos como o levantamento de pernas e agachamentos, ajudam a trazer o fluxo da inundação para as suas pernas; curiosamente, isso pode ter um efeito calmante e facilitar o sono.

 

Escreva as suas preocupações

Escreva com detalhes os sentimentos e pensamentos relacionados com eventos stressantes, como alguém discutiria tópicos em terapia. Isso permite clarificar os seus pensamentos e sentimentos, ganhando assim um autoconhecimento valioso. 

Também é uma boa ferramenta de resolução de problemas; muitas vezes, pode-se resolver um problema e encontrar soluções mais facilmente no papel.

 

Exercite-se 

 

O exercício é um grande aliviador de stress e tem demonstrado melhorar a qualidade do sono. Mas certifique-se de que os seus treinos mais intensos, não sejam feitos muito perto da hora de dormir. Se achar que as corridas na passadeira o estão a manter acordado à noite, vá ao ginásio pelo menos três horas antes de se deitar.

 

Tome algo natural que estimule o sono

Existem diversas plantas medicinais, frutas e hortaliças que se tornam chás relaxantes e podem ser consumidos no dia a dia. Chá de camomila e hortelã são bons exemplos disso. 

Ainda nessa linha, os suplementos alimentares são um grande aliado para a nossa saúde e podem estimular o sono, entre outros benefícios. Pode encontrar soluções como Goodreams, um suplemento alimentar noturno que contém melatonina e vitaminas para proporcionar noites reparadoras de sono e aumentar a imunidade sem causar dependência. 

 

 

 

Dejar un comentario

Todos los comentarios son moderados antes de ser publicados